Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notas à margem

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Notas à margem

28
Abr21

Formiga 47

Zé Onofre

                       47

21/05/970

I

Há um local.

Há um tempo.

Há vida.

Há morte.

Há estudo.

Tudo enredado em conflito.

II

O local é este

Que habito neste tempo.

Este local

Em que, embora vivo,

Sinto que não há vida,

Mas apenas vida,

Nada mais que vida.

III

Olho em redor.

Tudo respira vida.

Neste tempo,

A vida irrompe nos campos,

Passa, em passos leves,

Ali a rasar a porta.

IV

Eu, aqui especado,

Olho os campos verdes,

As aves que descolam dos carvalhos,

E regressam,

Com bicos fartos,

Despenhando-se nos ninhos.

V

Ouço sussurros leves,

A roçar na porta.

Se ao menos aqui,

Entre a porta e a janela.

Houvesse vida,

Não teria uma voz ensurdecedora,

A sufocar-me,

Quero vida.

VI

O local é este

E este é o tempo

Em que sinto a morte

Embalar-me nos seus braços,

Que tão docemente me aperta ao peito,

Que com carinhos me sufoca.

Contudo, dentro de mim,

Uma voz diz-me em segredo,

Que esta morte,

Não é a morte.

VII

Morto.

Não alcanço além das vidraças,

Não escuto os passos,

Que se silenciosos se arrastam,

Bem próximos da porta.

VIII

O local é este,

O tempo é este,

Em que vivo,

Em que morro

Quando o tempo é de estudo.

IX

Neste local,

Neste tempo,

De abre livros e fecha livros,

Leio páginas de enfiada,

Que mudas nada me dizem.

Atiro, sem coragem de o fazer,

Os livros ao ar

E com eles atiro palavras agudas,

Palavras iradas que ninguém ouve,

Isto não é estudo.

X

Que local

E que tempo

São estes?

Que se chocam na mente,

Em pensamentos cruzados,

Contraditórios,

Que ora afirmam uma coisa

E logo de seguida o seu contrário.

            Zé Onofre

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub