Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Notas à margem

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Notas à margem

28
Mai22

Por aqui e por ali 137

Zé Onofre

                 137

015/10/31, Vilarinho, Amarante

 

Não me iludo,

“Sou pó”.

Não um punhado de pó,

Apenas uma partícula

Perdido na ventania da vida.

Não um punhado de pó,

Junto de outro punhado de pó,

De outro e outro ainda,

Num monte de pó,

Apenas uma partícula invisível

Nas tempestades da vida.

 

Empurrado para cima,

Arrastado para o fundo,

Rodopiado,

Pisado,

Soprado,

Pelos redemoinhos da vida.

Não me iludo.

“Sou pó”.

  Zé Onofre