Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notas à margem

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Notas à margem

26
Jan22

Por aqui e por ali 47

Zé Onofre

                  47

 

988/12/___, Amarante, ação de formação sobre português

 

Nós aqui a falar

Do sonho e da alegria

E da cor e do som

Tão longe da vida,

Tão longe do mar.

 

Meninos, vamos ao vira

Vira a página

E começa a andar.

No longe fica o sonho,

No longe fica o mar, 

No longe fica o impossível

E é tão fácil lá chegar.

 

Era uma vez

Sonhos de lágrimas

Tecidos de mar.

Era uma vez

Encantamentos de sons

Tecidos de luar.

Era uma vez …

 

Com palavras

Me digo

E me exponho.

 

Com palavras

Me calo

E me Escondo.

 

Com palavras

Agrido

E falo de amor.

 

Com palavras

Sinto a beleza

Duma manhã em flor.

Meninas

De cabelos de sonho

E mãos de luar

Sentadas, quietas.

Nunca ninguém ouviu

O espanto do vosso olhar?

Zé Onofre

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.