Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Notas à margem

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Textos escritos em cadernos, em guardanapos, em folhas encontradas ao acaso, sempre a propósito, nunca de propósito. isto é "vou escrever sobre isto". Não é assim que funciono.

Notas à margem

19
Jul21

SOUTO 14

Zé Onofre

               14

___/01/974

 No meu laboratório

Onde soam

E ressoam palavras

Ininteligíveis,

Conhecidas,

Significantes,

Desconhecidas,

Insignificantes

Que gélidas ressuam pelas paredes

Deste quarto só.

No meu laboratório,

Invento palavras

Para descrever uma outra realidade,

Por onde flutuo.

Quando me retiro

Para o meu laboratório

Solto as palavras

Dos seus significados

Moldo-as a meu gosto,

Ora violentando-as,

Ora acariciando-as,

Ora matando-as,

Ora fazendo-as ressuscitar

Em odes,

Ou odres.

No meu laboratório,

A vida

Transforma-se,

Morre e renasce,

Ao ritmo de palavras

Que torço e retorço

A meu bel-prazer.

    Zé Onofre    

 

 

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub